4 Coisas que você deve saber antes de fazer uma cirurgia plástica

Um bom acompanhamento antes da cirurgia plástica é essencial para garantir que o paciente conhece todos os detalhes sobre o procedimento a ser realizado e possa tirar todas as suas dúvidas.

Continue reading 4 Coisas que você deve saber antes de fazer uma cirurgia plástica

A importância do acompanhamento pós-cirúrgico

Diferente do que muitos pensam, o acompanhamento após uma cirurgia plástica é tão importante quanto a preparação ou a própria operação. Isso porque os resultados esperados e preparados para o paciente só serão obtidos se ele, juntamente com seu médico, conseguirem seguir as indicações e acompanhar a cicatrização do corpo.

Continue reading A importância do acompanhamento pós-cirúrgico

Tipos de mamoplastia e quando fazer

Toda abordagem cirúrgica com finalidade estética na mama recebe o nome de mamoplastia.

Apesar de receber o mesmo nome, existem diversos tipos de mamoplastia que divergem no método e resultados buscados. Confira alguns dos tipos mais conhecidos e quando realizar cada cirurgia!

Continue reading Tipos de mamoplastia e quando fazer

Qual a diferença: Ácido Hialurônico X Botox

Com o surgimento de novos métodos e procedimentos estéticos para melhorar a aparência corporal e aumentar a autoestima, muitos ficaram confusos sobre qual seria o melhor método e qual seria a diferença entre eles.

Continue reading Qual a diferença: Ácido Hialurônico X Botox

Como aproveitar atividades físicas no pós-operatório

Quando o assunto é cirurgia plástica, não é possível generalizar. Por isso, cada pós operatório deve durar o tempo certo para garantir uma cicatrização completa e entregar ao paciente os resultados que ele espera do procedimento.

No caso da cirurgia que implanta próteses mamárias de silicone, principalmente as com mais de 300 ml, é necessário que as mulheres se reeduquem em relação a nova relação com a prótese e a postura corporal. Para isso, respeitando o período de repouso, atividades físicas, como o pilates, podem ajudar no desenvolvimento corporal com os novos seios.

Devido ao desconforto inicial, em maior parte causado pelo sobrepeso das próteses, pela intervenção cirúrgica e cicatrizes, a mulher costuma induzir uma autoproteção corporal, que é normal após uma cirurgia. Essa proteção, entretanto, pode ocasionar compensações pontuais que, no futuro, desencadearão dores no corpo, como no pescoço e região lombar.

Para retornar as atividades do cotidiano e ajudar no processo de reabilitação do corpo, aulas de pilates, em média 2 a 3 meses após a cirurgia, podem ajudar o paciente.

Ao se comunicar com o professor, é possível encontrar nos objetivos das aulas fatores que auxiliam na retomada de atividades físicas por um paciente que foi submetido a uma cirurgia.

Ao alongar a cadeia anterior, o músculo peitoral maior e a musculatura do pescoço, essas aulas podem ajudar a prevenir as dores crônicas que podem surgir após o período pós operatório. Além disso, as aulas auxiliam a mobilizar as colunas cervical, torácica e lombar, além de fortalecer o músculo rombóide e trabalhar a consciência corporal e postural.

Converse com o seu cirurgião sobre os benefícios do Pilates após uma cirurgia plástica.

Quando realizar a Mentoplastia

Popularmente conhecida como cirurgia plástica do queixo, a mentoplastia é um procedimento cirúrgico que tem como objetivo principal remodelar o queixo do paciente, utilizando-se de implantes sintéticos ou o próprio osso, por intermédio de fraturas que podem avançar ou recuar o mento, para alterar a aparência dessa região e oferecer uma melhora na autoestima de pacientes que sofrem com problemas.

O implante de mento busca melhorar a aparência facial do paciente ao dar mais harmonia as unidades estéticas da face. Isso porque, ao aumentar a projeção do queixo, é possível equilibra-lo com o restante da face e conferir uma aparência mais natural e delicada ao paciente.

Em muitos casos, o cirurgião plástico escolhido para realizar esse procedimento pode recomendar a cirurgia do queixo juntamente com a mentoplastia. Associando esses procedimentos, se torna mais fácil atingir proporções faciais equilibradas. Isso porque o tamanho do queixo pode aumentar ou diminuir o tamanho percebido do nariz, estando perceptivelmente associados na harmonia facial.

A associação de cirurgias plásticas e segura, quando realizada por um cirurgião especialista e com experiência na realização dos procedimentos. Confira no nosso site que outras cirurgias podem ser associadas para conferir um resultado mais completo ao paciente e outros benefícios do implante de mento para sua autoestima.

O que a rinoplastia pode te oferecer

Uma das cirurgias plásticas mais realizadas no mundo, a rinoplastia é responsável por oferecer ao rosto dos pacientes a harmonia e delicadeza dos traços que eles tanto procuram. Isso porque, por estar localizado exatamente no centro da face, o nariz é peça chave para a harmonia e beleza do rosto. Além do mais, não se trata apenas de um procedimento estético, já que pode trazer benefícios associados a saúde e função respiratória do paciente.

Não há dúvidas de que a rinoplastia pode oferecer benefícios, então confira a lista de tudo que rinoplastia pode oferecer para você: 

• Modificação do tamanho do nariz, oferecendo mais harmonia a face;

• Modificação da ponta do nariz, de acordo com o resultado esperado pelo paciente;

• Alteração do ângulo entre o nariz e lábio superior, onde o grau pode variar entre homens e mulheres;

• Promover a correção de eventuais defeitos de nascença associados a aparência facial;

• Melhora e solução de problemas respiratórios causados pela abertura das narinas.

No consultório do Dr. Milton Rocha você encontra o atendimento atencioso e a tratamento completo para realizar a cirurgia plástica com todo o apoio e responsabilidade de quem entende do assunto. Para obter mais informações sobre a rinoplastia, acesse o nosso site.

O que é otoplastia?

Você pode não conhecer esse procedimento pelo nome, mas já deve ter presenciado seus efeitos. A otoplastia é como é chamada a intervenção cirúrgica que permite a correção de orelhas proeminentes, popularmente chamadas de “orelhas de abano”.

Essa condição pode atrapalhar o convívio e bem-estar de muitas pessoas, principalmente crianças, e esse é um dos motivos dessa cirurgia ser muito realizada entre jovens que desejam corrigir o defeito das orelhas e melhorar sua autoestima.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, crianças entre 6 e 7 anos, que já possuem a cartilagem da orelha estável o suficiente para a correção, e com boa saúde são boas candidatas para o procedimento.

Essa idade coincide, inclusive, com o período que a criança começa no colégio e pode se sentir desconfortável com comentários de colegas sobre a sua aparência. Assim, a cirurgia pode corrigir as orelhas em um momento crucial para o desenvolvimento social da criança.

A realização da cirurgia vai alterar dependendo da deformidade apresentada pelo paciente. Em todas, entretanto, o objetivo é criar um ângulo mais fechado entre a orelha e a cabeça do paciente, através da remodelagem da cartilagem do pavilhão auricular. No final, o fator emocional e a estabilidade do paciente são primordiais para a realização dessa intervenção.

Confira mais sobre o procedimento em nosso site!

A importância do acompanhamento pós-operatório

Não é apenas a boa alimentação, massagens e uso de material para ajudar na recuperação (como cintas, sutiãs especiais e curativos específicos) que garantem o resultado final satisfatório de uma intervenção cirúrgica, o acompanhamento médico após a realização de uma cirurgia plástica é essencial para garantir o corpo que você espera e voltar as atividades o mais rápido possível.

Tão importante como a cirurgia é o planejamento das etapas e acompanhamento constante no pós operatório. Apenas um médico especialista no assunto conseguirá passar as indicações corretas para não expor o paciente a riscos, já que o momento após a cirurgia é crucial para a reparação do trauma no corpo.

Isso porque, para o organismo, a cirurgia é um trauma, que precisa ser reparado, Por isso, o paciente pode precisar de mais dias em casa, dependendo do tipo de operação, e apenas o médico escolhido conseguirá definir quais as soluções para que essa fase ocorra de forma mais tranquila.

No pós operatório é comum o aumento do metabolismo, por isso a alimentação correta, seguindo orientações médicas, são tão importantes. Alimentos que ajudem na cicatrização, como já comentamos aqui no blog, podem aumentar a capacidade do organismo de se adaptar aos efeitos da cirurgia e até diminuir o tempo de recuperação.

Apenas um médico treinado e preparado para os resultados de uma cirurgia plástica pode indicar ao paciente quais as melhores alternativas para garantir o resultado esperado para o procedimento.

Cirurgia Bichectomia

A anatomia da face é uma das mais complexas do corpo humano. Entre suas delicadas estruturas, há diversos compartimentos de gordura, que funcionam como proteção facial, mas também incomodam muitas pessoas em relação a sua aparência. Entre estes compartimentos, existe um que se estende quase que ao longo de toda a superfície lateral do rosto, em plano profundo, desde a têmpora até próximo à mandíbula, recebendo o nome de Bolsa de Bichat.

A região do “oco” da cavidade oral (região das bochechas) é onde essa bolsa apresenta maior espessura, podendo dar um aspecto mais arredondado ao rosto, o que pode não agradar. Assim, a bichectomia é o nome da retirada cirúrgica de parte desse compartimento de gordura, visando modificar e afinar o contorno facial. Com esse procedimento, é possível valorizar o contorno do rosto e dar mais harmonia ao rosto.