Manual do Paciente do Dr Milton Rocha: planejamento de uma cirurgia plástica

Manual do Paciente do Dr Milton Rocha: planejamento de uma cirurgia plástica

A seguir, algumas dicas para uma cirurgia segura:

Procure um bom cirurgião

A escolha do cirurgião é primeiro passo para a cirurgia dos sonhos. Ele é o profissional com quem você irá se relacionar e estabelecer confiança, por isso sua escolha é primordial. Uma boa pedida é que você busque conhecer diversos profissionais, seus currículos e receber indicações de quem conhece a área.

É importante você ter em mãos o nome dele e o número do CRM, pois assim será capaz de consultar a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e o Conselho Federal de Medicina (CFM) para verificar que ele é devidamente registrado. Isso é importante para você ter o máximo de segurança de quem está fazendo o trabalho é um especialista habitado e autorizado a práticas médicas.

Cuide dos aspectos físicos e psicológicos

Para submeter-se a uma cirurgia plástica é necessário estar de acordo com os padrões físicos e psicológicos estabelecidos. Se você tiver alguma doença crônica, esta deve estar absolutamente sob controle. Mas o aspecto psicológico é o que mais impede os procedimentos de acontecerem.

Ter expectativas além da realidade ou pensar que apenas o tratamento resolverá todos os seus problemas é uma utopia que pode indicar um despreparo psicológico para enfrentar uma cirurgia. Por isso prestar atenção, estar ciente e preparar tanto o físico quanto o psicológico é essencial para que o profissional não desaconselhe o procedimento.

Aproveite a consulta e se informe

Depois de escolhido o cirurgião a consulta é muito importante para todo o processo. É através dela que o laço de confiança entre paciente e médico será estabelecido. Além disso esse é o momento de obter toda a informação sobre a cirurgia: qual o preparatório, quanto tempo dura, como é feita, o tipo de anestesia, etc.

Por outro lado, é também quando o profissional conhecerá todo o histórico e aspectos necessário para avaliar a capacidade do paciente de enfrentar o procedimento, ou seja, é um momento decisivo para retirar dúvidas e estabelecer de fato a cirurgia.

Planejamento financeiro

Esse é um ponto crucial, afinal, você deve estar ciente e ser capaz de suprir os diversos gastos que envolvem uma cirurgia plástica. Analise o valor do cirurgião, do anestesista, do material, dos gastos do pós-operatório, o local e a complexidade do procedimento. Defina como será feito esse pagamento.

Hoje já estão disponíveis diversas formas que podem auxiliar mais facilmente essa etapa como financiamentos, parcelamentos no cartão empréstimo ou poupança. Decida qual é o melhor para seu bolso.

Escolha o momento certo para fazê-la

Esse é um aspecto importante por que todos os procedimentos demandam algum período de recuperação. É necessário programar um período livre, sem preocupações e que permita você ter tempo de passar por todas as etapas cirúrgicas sem estresse.

Marque uma consulta com o seu cirurgião plástico em Recife agora mesmo.

Boa cirurgia!